WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

atuv
pel
março 2017
D S T Q Q S S
« fev    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

:: ‘Política’

Prefeitura e proprietários de bares discutem termo de ajustamento de conduta

SC1_0275-600x399Representantes de bares localizados na região do bairro Candeias e músicos que se apresentam nesses espaços foram recebidos por membros da equipe do Governo Municipal nessa quarta-feira, 15. Durante o encontro, os presentes discutiram questões relacionadas à boa convivência entre a população e os estabelecimentos comerciais.

Na ocasião, o secretário de Serviços Públicos, Esmeraldino Correia, apresentou alguns dados sobre denúncias de moradores ao serviço de plantão da Gerência Municipal de Posturas. Também foram lembrados alguns pontos do Termo de Ajustamento de Conduta – TAC – firmado entre comerciantes, Prefeitura e Ministério Público, em setembro de 2015.

O prefeito Herzem Gusmão lembrou que a Administração Municipal intensificará a fiscalização nos bares com objetivo de coibir o barulho excessivo. “Esse final de semana a Secretaria de Serviços Públicos vai começar uma operação de patrulhamento nos estabelecimentos e temos a certeza que com o diálogo vamos conseguir fazer com que a paz reine nos bairros próximos a esses empreendimentos”. :: LEIA MAIS »

Eliseu Padilha volta à Casa Civil nesta segunda, após 21 dias de licença médica

IMAGEM_NOTICIA_5 (6)O minsitro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, volta a assumir suas funções nesta segunda-feira (13), após 21 dias de licença médica. De acordo com o G1, já na sua volta o ministro se reunirá com o presidente Michel Temer para decidir se vai se manifestar publicamente sobre as declarações de José Yunes em depoimento ao Ministério Público. O amigo e ex-assessor de Temer disse que recebeu do doleiro Lúcio Funaro, a pedido de Padilha, um envelope com “documentos”. O ex-executivo da Odebrecht, Cláudio Melo Filho, disse em delação premiada que o envelope continha dinheiro. Na ocasião das declarações, Padilha estava hospitalizado por problemas na próstata e se ausentou do cargo. A manutenção do ministro no cargo ainda é considerada incerta, muito por causa dos pedidos de inquéritos por parte da Procuradoria-Geral da República, a partir das delações de executivos e ex-executivos da Odebrecht, no âmbito da Operação Lava Jato.

Patriarca da Odebrecht depõe para Sérgio Moro nesta segunda

IMAGEM_NOTICIA_5 (5)O delator e patriarca do grupo empresarial Odebrecht, Emílio Alves Odebrecht, depõe nesta segunda-feira (13) ao juiz federal Sérgio Moro, a partir das 9h30, como testemunha de seu filho e também delator Marcelo Odebrecht, preso desde 2015 na Operação Lava Jato. Emílio, que foi um dos responsáveis por coordenar junto com os advogados as negociações com o Ministério Público Federal para a colaboração premiada de executivos e ex-executivos da empreiteira, vai falar pela primeira vez ao juiz responsável pelas ações da Lava Jato na primeira instância, por meio de videoconferência, diretamente do Fórum Criminal de São Paulo. Além dele, também serão ouvidos na defesa de Marcelo o atual presidente do grupo Odebrecht, Newton de Souza, e os ex-executivos da empresa e também delatores da operação Pedro Novis e Márcio Faria. Ligados à cúpula da empreiteira, eles vão depor na ação penal da Lava Jato em Curitiba na qual o ex-ministro Antonio Palocci (Fazenda e Casa Civil/governos Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff) é acusado de atuar para favorecer os interesses da Odebrecht junto ao governo federal na contratação de sondas de exploração do pré-sal com a Petrobras :: LEIA MAIS »

Entrega de terrenos no bairro Vila América

Imagem Ilustrativa

Imagem Ilustrativa

UMA REUNIÃO NO GABINETE DO PREFEITO ENTRE A SECRETARIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL E O CARTÓRIO DISCUTIU A ENTREGA DE 123 CDR US/ CONSEÇÃO REAL DE DIREITO E USO DE TERRENOS NO BAIRRO VILA AMÉRICA. O COORDENADOR DE PROGRAMAS E PROJETOS A HABITACIONAIS PÉRICLES NASCIMENTO EXPLICOU COMO SERÁ CONCEDIDO ESTE BENEFICIO.

Um projeto de lei do vereador Rodrigo Moreira, pretende fiscalizar promoções no comércio de Conquista. OUÇA

DSC_0637

Por absolvição, defesa de Lula quer recorrer de extinção da pena de Marisa Letícia

IMAGEM_NOTICIA_5 (4)A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai recorrer da decisão do juiz Sérgio Moro que negou, nesta quinta-feira, o pedido de absolvição sumária em ação que a ex-primeira-dama Marisa Letícia — morta no mês passado, vítima de aneurisma cerebral — é ré na Justiça Federal de Curitiba. Em seu despacho, Moro determinou a extinção da punibilidade de Dona Marisa, mas não entrou no mérito acerca da responsabilidade ou inocência da acusada. “O código de processo penal impõe a absolvição sumária na hipótese da extinção da punibilidade do fato, como ocorre quando do falecimento do acusado”, afirma o advogado Cristiano Zanin Martins, em nota divulgada no final da noite desta quinta. A ex-primeira-dama responde a duas ações no âmbito da Lava Jato por lavagem de dinheiro. Um dos processos é referente ao tríplex do Guarujá; o outro diz a respeito à cobertura vizinha ao apartamento do casal em São Bernardo do Campo.

Sete ex-executivos da Odebrecht passam por acareação nesta sexta-feira no TSE

IMAGEM_NOTICIA_5 (3)Sete ex-executivos da Odebrecht passarão por acareação nesta sexta-feira (10) no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), como etapa do processo que investiga a chapa Dilma Rousseff-Michel Temer na campanha de 2014. O processo será conduzido pelo ministro Herman benjamin e os ex-executivos prestarão novos depoimentos de forma individual e conjunta, para esclarecer fatos já narrados desde a semana passada sobre as doações eleitorais da empreiteira e a relação com políticos. Cláudio Mello e Marcelo Odebrecht prestarão depoimento juntos, por vídeoconferência, já que Mello estará no TSE, em Brasília, e o ex-presidente da construtora no Tribunal Regional Eleitoral do Paraná. Benedito Júnior, no TRF2, Rio de Janeiro, participará da acareação também por videconferência com Hilberto Mascarenhas (no TRE de São Paulo) e Marcelo Odebrecht. Individualmente serão ouvidos Fernando Migliaccio, no Tribunal Superior Eleitoral, em Brasília; José de Carvalho Filho, no TSE; e Maria Lúcia Tavares, no TRE da Bahia, por videoconferência.

RUI COSTA EM CONQUISTA

Foto: Blog do Rodrigo Ferraz

Foto: Blog do Rodrigo Ferraz

GOVERNADOR RUI COSTA- MOTIVOS DA VINDA A CIDADE 

O GOVERNADOR RUI COSTA DESEMBARCOU NO AEROPORTO PEDRO OTACÍLIO DE FIGUEREDO NA MANHA DE HOJE. PARA CUMPRIR A AGENDA EXTENSA NA CIDADE COM A PRESENÇA DE DEPUTADOS, O PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DA BAHIA ÂNGELO CORONEL. O GOVERNADOR RUI COSTA FOI QUESTIONADO POR NOSSA REPORTAGEM SOBRE OS MOTIVOS DA VINDA A CIDADE.

GOVERNADOR RUI COSTA- AEROPORTO E EMBASA :: LEIA MAIS »

STF rejeita recursos de Jair Bolsonaro em ações por incitar estupro contra Maria do Rosário

IMAGEM_NOTICIA_5 (1)A 1ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitou os recursos apresentados pelo deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) em dois processos sobre incitação ao crime de estupro e injúria. A sessão ocorreu na tarde desta terça-feira (7) os ministros rejeitaram os embargos no bojo do inquérito do Ministério Público Federal (MPF) e na queixa-crime apresentada pela deputada federal Maria do Rosário (PT-RS). De acordo com os autos, os crimes foram cometidos por Bolsonaro em dezembro de 2014, durante discurso no Plenário da Câmara dos Deputados, quando teria dito que a deputada “não merecia ser estuprada”. Também consta dos autos que, no dia seguinte, em entrevista ao jornal Zero Hora, Bolsonaro teria reafirmado as declarações, dizendo que Maria do Rosário “é muito feia, não faz meu gênero, jamais a estupraria”. Em junho de 2016, por maioria dos votos, a Turma recebeu denúncia contra o deputado Jair Bolsonaro por incitação ao crime de estupro. No recurso, o deputado alegava obscuridade na decisão do colegiado, tendo em vista que a campanha da deputada #eunãomerecoserestuprada não teria se iniciado em razão da fala do parlamentar :: LEIA MAIS »

PF investiga crimes contra ordem tributária de deputados e ex-parlamentares da AL-BA

IMAGEM_NOTICIA_5Pelo menos 17 deputados e ex-deputados estaduais são investigados pela Polícia Federal por suspeitas de práticas de infrações penais, com suposto envolvimento de seus familiares e servidores da Assembleia Legislativa do Estado da Bahia (AL-BA). Os inquéritos correm em segredo de justiça, porém um despacho citou nominalmente o nome de 10 ex-parlamentares e três detentores de mandato – incluindo o atual presidente da AL-BA, Ângelo Coronel (PSD) – que respondem ao inquérito, em tramitação no Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) desde julho de 2013. Os demais nomes foram encontrados a partir de processos relacionados localizados em outras instâncias. Alberto Fábio Ferreira de Santana, Antônia Pedrosa Pina, Antônio Ferreira da Silva, Antônio José da Cruz Júnior, Clóvis Ferraz Meira, Edson Sampaio Pimenta, Gilberto Martins Brito, Heraldo Eduardo Rocha, Raulino Franklin de Queiroz, Tarcízio Suzart Pimenta Júnior não possuem foro privilegiado e respondem em primeira instância. Já os deputados estaduais Ângelo Coronel, Bira Corôa (PT) e Paulo Rangel (PT), e federais Paulo Azi (DEM), Ronaldo Carletto (PP), Arthur Maia (PPS) e João Carlos Bacelar (PTN) mantêm os respectivos foros – os parlamentares da AL-BA no TJ-BA e os congressistas no Supremo Tribunal Federal (STF). O inquérito remonta à Operação “Detalhes”, deflagrada em 2012 contra o deputado estadual Roberto Carlos (PDT) e que investigava o uso de funcionários fantasmas, cujos vencimentos seriam transferidos, parcialmente, para contas do pedetista, da mulher e dos filhos (lembre aqui). O deputado, todavia, não aparece listado no despacho publicado no Diário Oficial da Justiça desta terça-feira (7). A documentação analisada inclui relatórios do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), órgão responsável por, entre outras obrigações, informar às autoridades movimentações financeiras consideradas fora dos padrões para pessoas físicas. Os Relatórios de Inteligência Financeira (RIF) também estão apensados nos processos, que se encontram desmembrados pelas diversas instâncias que investigam o caso. O caso é extenso e inclui uma autorização da Justiça para a quebra de sigilo telefônico e fiscal dos envolvidos. Apenas nesta ação, o processo possui mil páginas.

blog do marcelo


assembleia legislativa bahia

WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia