imagem_noticia_5-8O ex-prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PMDB), prestou depoimento na semana do Natal para a Polícia Federal de Brasília, no âmbito do inquérito em que é investigado com o senador Aécio Neves (PSDB). Este foi o primeiro depoimento prestado pelo peemedebista, que é suspeito de participar de maquiagem nos dados do Banco Rural na CPMI dos Correios, em 2005. Paes responde pelo inquérito no Supremo Tribunal Federal e passou a ser investigado depois que o ex-senador Delcídio do Amaral afirmou em delação que Paes e Aécio participaram do ato. A intenção seria preservar os tucanos durante a investigação do mensalão, de acordo com o colunista Lauro Jardim, de O Globo. Paes e Aécio negam a acusação.